Vânia comemora o lançamento da coleção Wabi Sabi.

“A observação da natureza, a valorização do imperfeito e das formas irregulares, a força das incertezas e a certeza da inconstância”. Na ponta do lápis, o artista plástico Daniel Lopes transformou fidèles de Vânia Ladeira em arte aquarela. Em tons de rosa, roxo e azul, o time de 30 ladies e gentlemen foi honrado junto aos 20 anos da carreira da joalheira brasiliense, que celebrou as Bodas de Porcelana em clima festivo.

“Estou passando por um processo pessoal de transformação, de rever os valores da minha vida, de pensar sobre o minimalismo e de viver com menos de uma forma melhor, aproveitando mais”, explicou a designer, que decidiu simbolizar o aniversário da grife com uma coleção que traduzisse essa nova mentalidade. Batizada de Wabi Sabi, a linha carrega traços da filosofia budista, priorizando o respeito aos materiais e ao meio ambiente.

“É um trabalho artesanal, com peças personalizadas feitas individualmente a partir de gemas escolhidas a dedo.” Unir clientes que acompanharam durante as décadas de trajetória foi a cereja em cima do bolo – nesse caso de red velvet e feito pelo chef Alexandre Albanese.

Em estrutura montada em torno da joalheria homônima, na 213 Norte, seletos convidados puderam se familiarizar com a novidade entre goles de champanhe e bocadas de finger foods, ambos providos pelo Cozinha do Mundo Buffet.

O som do evento intercalava acordes clássicos e batidas animadas, cortesias da DJ Maysa e da talentosa pianista da companhia Toccata Música Clássica. A decoração florida em tons de vermelho e verde levou a assinatura de Karisma Flores.

“Penso muito sobre a valorização da energia que cada contribuinte investe na peça. Essa energia vai se conectar com a energia de quem adquire o produto final. Isso é muito forte”, confessa a desenhista, que acredita no uso inteligente de materiais e na valorização da confecção manual.

A natureza é uma inspiração fortíssima, quando você observa que ela passa por transformações grandes e profundas, se regenerando e se reconstruindo. Da mesma forma, temos que aplicar isso à nossa vida. O que fazemos com os impactos que sofremos é o que faz toda a diferença”, poetiza.

Ao final do encontro, um par de brincos em formato de gota foi sorteado entre os invitados. E as pinturas? “Nossos modelos já estão ansiosos para levar para casa!”, exclama.

GPS|Lifetime entrega os cliques do happening.

Compartilhe:

Mais Posts

Entre em contato